Na tribuna da Câmara, durante a sessão de terça-feira, o vereador Tiago Braz (Rede) afirmou que não tem nada contra o prefeito Sérgio Azevedo, mesmo porque trabalhou em sua companhia e ele é “um homem do bem”, mas como integra o poder legislativo onde representa a população tem como função apontar as “coisas que não estão legais”.

Afirmou que o prefeito declarou em um órgão de imprensa que os pontos turísticos não estão abandonados, no entanto, basta uma busca nas redes sociais e em veículos de turismo para encontrar diversas reclamações sobre a cidade e os seus pontos de passeio. Segundo o vereador, Teleférico é um cartão postal que está sem funcionar há cerca de dois anos, que gera recursos em alguns meses na casa de R$ 1 milhão e em outros meses próximo disso, dinheiro que entra nos cofres públicos.

A casa de máquinas, defronte ao Palace Casino, disse o vereador, só passou por manutenção externa graças a reivindicação da Câmara, enquanto que o terminal no alto da serra está deteriorado e pichado. O Recanto Japonês, informou o vereador, está fechado há muito tempo e a Casa de Chá virou uma novela.

Disse ainda que no Véu das Noivas o trenzinho não está funcionando e os pontos turísticos estão, sim, abandonados e continuamos dependendo de uma terceirização que se não acontecer corremos o risco de nunca mais este teleférico voltar a funcionar. Ou pelo menos durante essa administração, lamentou Tiago.