Ao participar ontem do programa Boca Boa, na Master Web Rádio, a Secretária de Administração Ana Alice de Souza, fez um esclarecimento sobre a suspensão da concorrência pública para a terceirização dos pontos turísticos. Segundo ela, a licitação de concessão dos equipamentos turísticos está suspensa desde outubro/2020 em razão de não ter havido licitantes interessados em participar do certame. Por esse motivo a comissão especial de licitação decidiu suspender o processo na ocasião, para que a Secretaria de Turismo, em conjunto com a equipe técnica do BDMG pudessem avaliar possíveis alterações no edital, no intuito de deixa-lo mais atrativo para o setor privado.

Outra motivação, segundo informou Ana Alice, que contribuiu para a suspensão da concorrência, foi a existência de impugnação ao edital junto ao TCE-MG, apresentada pela empresa Doplemayer, com questionamentos estritamente técnicos.

“Desde então o edital está sob a análise técnica das equipes responsável pela licitação, tendo inclusive sido objeto de recente consulta pública e nova audiência pública para que o processo seja retomado com melhores condições tanto para o interesse público, quanto para o privado”, informou a secretária.