A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) da Santa Casa de Poços realizou nos dias 20 e 21 uma campanha para parabenizar e agradecer aos funcionários da Irmandade por terem contribuído com a diminuição dos números de acidentes no Hospital.

De acordo com os indicadores de segurança, foram registrados menos de 1%  de incidentes na maioria dos meses do 1° semestre de 2021, muito abaixo do esperado.

A  presidente da CIPA, Amália Poloni Bruzadelli, conta qual o intuito da campanha. “A CIPA vem promovendo mensalmente ações com o intuito de valorizar os nossos colaboradores. Este ano, o objetivo é mostrar a pequena quantidade de acidentes ocorridos para enfatizar o profissionalismo, dedicação e responsabilidade dos nossos funcionários e, neste mês, nós decidimos agradecer a eles por todo esse comprometimento, parabenizando-os pela diminuição dos indicadores de acidentes no nosso hospital”, explica Amália.

“Nós sabemos que acidentes acontecem, mas, ao longo do ano, não ultrapassamos a quantidade mensal esperada. Além disso, a campanha visa também demonstrar um cuidado e gratidão pelos nossos colaboradores, por saírem de casa todos os dias para estarem aqui, se dedicando pelo nosso hospital e principalmente por todos os pacientes e familiares que são atendidos aqui”, conta a presidente da CIPA.

A Comissão, além de entregar um cartão de agradecimento e um bombom aos profissionais, montou um painel fotográfico com símbolos de heróis da ficção e dos setores do Hospital para que os colaboradores pudessem tirar uma foto como homenagem por todo o heroísmo que tiveram durante o ano de 2020 e 2021.

“Estes 2 anos foram muito difíceis para todos de uma maneira geral, mas para quem trabalha em hospital e está na linha de frente, independente de qual é o cargo, foram 2 anos de muitas batalhas, perdas e vitórias. Então, somos todos Super Heróis, ao sairmos de casa, em nos dedicarmos ao nosso hospital, em cuidarmos do outro, direta ou indiretamente. Isso demonstra muita empatia, cuidado e responsabilidade, então, não há outra palavra que descreva os colaboradores da Santa Casa se não Super Heróis”, finaliza Amália. (Rafael Santos).