Foi divulgada na tarde de ontem, pela Prefeitura, a relação das escolas aptas para o retorno das aulas hibridas a partir da próxima segunda-feira. Pelo relatório de aptidão da Prefeitura, todas as unidades particulares e estaduais estão em condições de uso e 16 escolas da rede municipal estão em reforma ou adequação.

No entanto, a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Marieta Carneiro, diz que a maioria das escolas municipais está com a estrutura precária, principalmente a Antonio Sérgio Teixeira e o anexo do CEI Maria do Rosário Bastos, que tem problemas com a circulação de ar, mofos nas paredes, pombos, entre outros que comprometem a higienização e segurança para evitar a transmissão do vírus.