A Câmara de Poços realizou, na última quarta-feira (09), uma audiência pública para discutir todo o processo de regularização dos imóveis do Condomínio Sonho Dourado I, bem como as demandas levantadas pela população com relação ao assunto. O encontro atendeu a um Requerimento do vereador DineyLenon (PT).

Participaram da audiência o secretário municipal de Planejamento Antônio Carlos Alvisi, o secretário de Promoção Social Carlos Eduardo Almeida, o diretor-presidente do Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE) Paulo César Silva, a secretária municipal de Educação Maria Helena Braga, a superintendente executiva de Habitação da Caixa Econômica Federal/Sudeste de Minas Camila Siqueira Lima Junqueira, o coordenador de Habitação da Caixa Gilmar Geraldo da Silva e a representante dos moradores do Sonho Dourado I Renata de Paula.

Desde do início do mandato, o vereador DineyLenon tem acompanhado a situação do Condomínio Sonho Dourado I. Segundo o parlamentar, a audiência foi proposta com o objetivo de trazer esclarecimentos aos moradores sobre a solução das pendências existentes. Ele ressaltou que, apesar de parte dos problemas terem sido resolvidos com e entrega dos imóveis, as ações precisam ter continuidade.

Diney destacou a importância da presença da Caixa Econômica Federal e, também, das Secretarias Municipais. “A presença da Caixa foi muito importante, visto que repassaram orientações às famílias sobre como devem proceder diante de problemas que possam acontecer nos seus apartamentos. O problema de água ocorrido recentemente não foi um problema estrutural, por parte do DMAE, que esteve presente e pôde fazer esse esclarecimento. Foi pontual e isso pode acontecer em algum apartamento ou outro e, uma vez que aconteça, a empresa tem responsabilidade pelo ocorrido. Isso tem que ser notificado pela Caixa através do telefone que informaram”, comentou.

O Cartório de Registro de Imóveis não participou do debate, no entanto encaminhou informações por e-mail. Eles pontuaram que ainda não receberam a documentação necessária para finalização do empreendimento. “Ainda há pendências por parte do Planejamento e vamos continuar acompanhando esse processo”, disse Diney.

O vereador lembrou de todas as ações realizadas desde o início do ano, em conjunto com as famílias, para solucionar os problemas existentes. “Essa discussão sobre o Condomínio Sonho Dourado vem desde o início do mandato. Primeiro uma reunião com moradores em frente ao Condomínio, depois reunião em vários órgãos, como gabinete do prefeito, Secretaria de Planejamento, Caixa Econômica e na própria Câmara. Além disso, acionamos poderes da esfera federal para cobrar encaminhamentos. Enfim, o grande objetivo foi alcançado, as pessoas estão dento de suas casas, agora são problemas decorrentes dessa ocupação da forma como foi feita”, declarou.

O vídeo da audiência pública, com todas as apresentações feitas, está disponível para consulta na página da Câmara no YouTube.