Portal de Notícias e Web Rádio – CNPJ 44.219.101/0001-23

Na semana que passou foram reajustados os preços da Zona Azul e segundo declarou o secretário de Defesa Social, Rafael Conde, responsável pelo setor de trânsito “Infelizmente é mais um reajuste, claro que o município não se sente feliz em dar o reajuste, mas é uma questão contratual com a empresa concessionária do estacionamento rotativo”, disse o secretário.

Lembrou também que desde de 2019 a concessionária não tinha reajuste, que em 2020 ela pleiteou e o executivo negou, tendo em vista os efeitos da pandemia. “Em 2021 chegamos a uma situação bastante complicada para a concessionária, que inclusive está solicitando um reequilíbrio econômico e neste momento o executivo entendeu por bem autorizar o reajuste, não com o índice previsto em contrato que é o IGPM, porque é um índice muito alto, e sim, com o INPC, que é um índice mais realista, por orientação da Comissão de Tarifas”, explicou o secretário.