Portal de Notícias e Web Rádio – CNPJ 44.219.101/0001-23

Autor do Requerimento 1006/2021, que encaminha Votos de Congratulações à família Forlin pela doação do acervo de fotos para a exposição “Retratos de Limercy – Um Recorte na História de Poços de Caldas”, o vereador Flávio Togni de Lima e Silva (PSDB) esteve na Casa da Cultura, nesta semana, a fim de prestigiar a mostra. Na ocasião, ele reencontrou membros da família Forlin e pôde entregar, em mãos, cópia da proposição aprovada pelo Legislativo.

Nesta sexta-feira (01), se estivesse vivo, LimercyForlin completaria 100 anos. Trinta e cinco anos se passaram desde a sua morte, no entanto, seu trabalho permanece presente e pode ser visto na exposição em cartaz no Instituto Moreira Salles, com visitação gratuita até março de 2022. “Estou muito feliz e emocionado com este carinho. Mesmo tanto tempo depois da morte do meu pai, ele continua sendo lembrado, continua presente e isso é muito especial para todos nós da família. Só tenho a agradecer ao Flavinho e à Câmara por isso”, disse um dos filhos, Carlos Alberto Vieira Forlin.

Também participaram do encontro Rosana, esposa de Forlin filho, dona Zizi Forlin, viúva de Limercy e que trabalhou muitos anos com ele no estúdio fotográfico, Camila D’Ambrósio Vieira Forlin Mota, neta, dona Ana Maria, sobrinha da matriarca, e o assistente cultural Marcelo Leme. De uma família de imigrantes italianos, LimercyForlin nasceu em Vargem Grande do Sul/SP. Em 1945, o fotógrafo se mudou para Poços de Caldas, ano em que também fundou seu estúdio, junto com a esposa, Zizi Forlin. Na exposição, podem ser vistos cerca de 7.500 retratos de moradores da cidade, feitos entre os anos de 1958 a 1982. Na exposição, disposta em dois andares da Casa da Cultura, é possível ver os equipamentos utilizados pelo casal Forlin para registro, revelação e retoque das fotos, além de peças como o boneco do Pato Donald, utilizado para entreter as crianças fotografadas.