Portal de Notícias e Web Rádio – CNPJ 44.219.101/0001-23

Em nível local, Paulo Tadeu declarou que o PT passou por um processo difícil, quando uma parcela importante e significativa do partido saiu para compor com o PSB em Poços. “Isso nos desarticulou bastante. Participamos de uma eleição municipal desarticulados, e pela primeira vez na história de Poços o PT não teve candidato a prefeito. Isso repercutiu, inclusive, na eleição da Câmara, mas conseguimos criar uma unidade importante no partido e estamos em um processo franco de recuperação com dezenas de filiações do ano passado para cá, que eu calculo em torno de 80 a 100 novas filiações, sobretudo, entre jovens”, garantiu.

O PT em Poços ainda está se reestruturando, se reorganizando e consolidando sua posição nos setoriais do partido.”Eu acredito que nossa participação no processo eleitoral no ano que vem deve, ao menos, retomar parte do protagonismo que já tivemos em eleições de caráter geral. Quando falamos em protagonismo é ter uma participação expressiva. A gente tem a dimensão dos nosso tamanho e limites”, garantiu Paulo Tadeu.