O secretário da Fazenda, Alexandre Lino, informou ontem que os carnês do IPTU ainda estão sendo confeccionados e em breve serão encaminhados aos contribuintes. Diferente de anos anteriores, em que a primeira parcela era paga em abril, desta vez por causa da pandemia a primeira cota terá julho como mês de vencimento.

O contribuinte que pagar o imposto em cota única terá um desconto de 8%. O secretário explicou que não houve reajuste no IPTU, com exceção para a taxa de lixo, que é cobrada junto com o imposto, que por obrigação legal teve que passar por aumento. O município espera receber em 2021 cerca de R$ 45 milhões com a arrecadação de IPTU, recursos estes que não possuem nenhum vínculo de destinação, podendo ser usados da maneira que a administração municipal achar melhor.