A Caldense já não depende só de si para chegar às semifinais do Mineiro. O empate em casa contra o Athletic fez com que a equipe perdesse a chance de voltar ao G-4 e chegar à última rodada podendo analisar como garantir a vaga.

Mesmo com a classificação um pouco mais longe, pelos dois pontos de desvantagem para o quarto colocado Tombense, Marcus Paulo Grippi prega foco aos jogadores para que a Caldense consiga, ainda, terminar a primeira fase no G-4.

– Temos que fazer nossa parte. A gente se colocou nessa situação. Tentamos uma vitória [contra o Athletic] e não conseguimos. Agora é seguir fazendo a nossa parte – disse por meio da assessoria do clube.

Para a partida contra o já rebaixado Boa Esporte, no domingo (25), às 16h, no Estádio Melão, em Varginha, Grippi terá o desfalque de pelo menos três titulares: o lateral-direito Belão (expulso contra o Athletic), Verrone (suspenso pelo 3º cartão) e David Lazari (3º amarelo). Os substitutos ainda serão avaliados pelo comandante durante as atividades desta semana, no CT Ninho dos Periquitos.

Vamos durante a semana os que estiverem mais aptos e também vamos ver quem estiver bem [para escalar] – falou.

Caldense no Mineiro

Com 15 pontos conquistados, a Caldense ocupa a sétima colocação no estadual após 10 rodadas. A atual posição garante o time na Série D do Brasileiro do ano que vem.

A Veterana, no entanto, ainda tem chances matemáticas de G-4. Para isso, precisa superar, na tabela, o quarto colocado Tombense (17 pontos), quinto URT (16 pontos) e o sexto Pouso Alegre (15 pontos). (G1 EPTv).