* Os prefeitos de Caldas e Andradas serão recebidos nesta quinta-feira,pelo presidente da Indústrias Nucleares do Brasil (INB), o engenheiro naval Carlos Freire Moreira, para tratar da notícia que envolve o transporte de quase mil toneladas de rejeitos radioativos que estão em São Paulo, para o depósito nas instalações da INB em Caldas. O ex-prefeito e primeiro suplente de deputado pelo PTB, Ulisses Guimarães, também estará presente.

* E por falar em Ulisses, a vereadora Regina Cioffi, citou na sua fala na Câmara, sobre este mesmo assunto, na terça-feira, o seu nome como tendo se recusado a participar de reuniões na Comissão das Águas, quando exercia a chefia do executivo em Caldas. Ontem Ulisses e Regina conversaram e esclareceram o assunto. Embora tenha sido convidado a participar das reuniões que já tratavam do armazenamento de rejeitos radioativos no município, o convite foi feito por meio de um intermediário e o recado nunca chegou ao prefeito. Ulisses garante que sempre foi contra o depósito de rejeitos radioativos no município.

 

A Câmara Municipal do Caldas divulgou ontem nota de repúdio contra a intenção da estatal Indústrias Nucleares do Brasil (INB) de transferir para a unidade localizada no município nova remessa de rejeitos radioativos denominados Torta II, armazenados há 20 anos na Usina de Interlagos, em São Paulo. Um dos vereadores ao protestar contra a remessa do lixo radioativo chegou a soltar um palavrão, durante a reunião em que a nota de repúdio foi aprovada. Assista.

* A melhora dos índices de casos de covid -19 em Poços de Caldas resultou na desativação dos leitos de UTI do Hospital de Campanha. A diretora do hospital, Isabel Carvalho, disse que conforme o Plano de Contingência que o município vem adotando desde o início da pandemia, os leitos de UTI do Hospital de Campanha são apenas uma reserva e como o índice de terça-feira estava em 23% e há mais de um mês que não se recebia nenhum paciente optou-se pelo encerramento das atividades na UTI. Também está em fase de encerramento as atividades dos leitos clínicos.

* Um fato que merece destaque e mostra que nem tudo está perdido e a cidade ainda pode recuperar o tempo perdido e voltar a condição de maior e mais importante município na região do sul de Minas, foi registrado nesta terça-feira no gabinete do prefeito. Reunidos em volta da mesma mesa estiveram o chefe do executivo alguns integrantes da sua equipe de governo, com jovens empresários e o representante do Sebrae Região-Sul, para juntos caminharem na mesma direção.

* Na pauta da reunião, um esforço concentrado para viabilizar, aproveitando o ramal ferroviário que liga a cidade ao porto de Santos um estudo que será desenvolvido pelo Sebrae para fomentador a atividade econômica do município por meio de uma Estação Aduaneira que seria construída próximo ao Distrito Industrial, com um terminal multimodal e um Porto Seco.

* Um detalhe importante, na mesma mesa estavam alguns dos jovens empresários que fundaram a Agência de Desenvolvimento de Poços de Caldas, uma iniciativa que merece aplausos por se tratar de uma iniciativa que partiu de jovens empresários cujo objetivo não é outro a não ser colaborar com o poder público na busca de melhorias para a cidade. À frente da Agência está a experiente Amélia Queiroz, cujo currículo dispensa comentários pelo trabalho que há anos desenvolve em municípios do leste paulista e outros da região sul-mineira.

* O vereador Marcelo Heitor pediu ao executivo informações sobre a sinalização da rua Coronel Virgílio Silva, na zona leste. A via é uma das mais extensas, apresenta tráfego intenso com dificuldades na travessia para o pedestre e constantes acidentes, alguns inclusive com vítimas fatais. “Populares tem procurado este vereador reivindicando soluções, dentre as quais a colocação urgente de um conjunto semafórico e de um controlador de velocidade, se for necessário”, informou Marcelo.