Zema repete Pimentel

Diante da falta de acordo sobre a regularização dos repasses atrasados aos municípios, o governo do Estado cancelou a reunião que teria ontem com representantes das prefeituras. O encontro, que seria mediado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais, tinha como objetivo selar um prazo para a quitação das dívidas. Os prefeitos aguardam receber um total de R$ 12,7 bilhões, pendentes desde a gestão do ex-governador Fernando Pimentel até fevereiro de 2019.

Desse montante, a proposta inicial da Secretaria de Estado da Fazenda é de quitar o passivo de R$ 1 bilhão devido pela gestão de Romeu Zema apenas no ano que vem, proposta que foi recusada pela associação que representa os prefeitos.

Fechar Menu