Zema assina LDO com rombo de R$ 11,3 bilhões

O governador Romeu Zema sancionou, sem vetos, a Lei de Diretrizes Orçamentárias do estado para 2020.  Primeira do seu governo a definir critérios para gastos, a regra foi publicada no Minas Gerais desta sexta-feira prevendo um rombo de R$ 11,3 bilhões para o estado no ano que vem. De acordo com a lei, a previsão é que a receita seja de R$ 102,2 bilhões e as despesas de R$ 113,5 bilhões.

Fechar Menu