Weintraub acusa professores de coagir estudantes

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, acusou professores de coagir alunos para participar dos atos contra os cortes no setor e conclamou os pais a denunciá-los. Ele ameaçou, também, com corte do ponto. Ontem, houve manifestações em 136 cidades, número menor que o do protesto anterior, há duas semanas, realizado em mais de 200 municípios. (Globo)

Fechar Menu