Vinhos e lagostas liberados

A compra de lagostas e vinhos premiados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) foi liberada  nesta terça-feira por causa de uma decisão do Tribunal Regional Federal (TRF1) que derrubou liminar que havia impedido a aquisição. O despacho é do vice-presidente do tribunal, Kássio Marques, que considerou não haver potencial lesivo na licitação questionada. O magistrado alegou ainda ser “preocupante” o impedimento feito pela primeira instância da Justiça.

Fechar Menu