Vereador faz sérias acusações contra o prefeito

Em longa entrevista, concedida ontem para a Rádio Cultura, o vereador Paulo Tadeu fez sérias acusações contra o prefeito Sérgio Azevedo, afirmando que ele cometeu crime de peculato ao não corrigir o valor da sua residência para efeito de cobrança do IPTU.

Segundo Paulo Tadeu, a cidade vive um verdadeiro caos gerencial e a administração vem cometendo erros graves, que podem resultar em sérios problemas para o chefe do executivo. O vereador citou o reajuste no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), feito com base no IGPM porém sem respeitar o princípio da anualidade, uma vez que o reajuste em dezembro foi de 8.71 e a correção foi pelo de novembro, que ficou em 9,69%.

O vereador cita também a cobrança do Imposto Sobre Transações de Bens Imóveis (ITBI), que a justiça acaba de reconhecer como uma cobrança ilegal pelo fato de estar sendo cobrado de acordo com uma Instrução Normativa, já derrubada pelo legislativo e que a Secretaria da Fazenda insiste em continuar cobrando de maneira ilegal.

Na entrevista o vereador está convocando os proprietários de imóveis descontentes com o reajuste no IPTU a comparecer em bloco na prefeitura, em data ainda a ser agendada.

Fechar Menu