Verde e amarelo

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse nesta terça-feira que as comemorações de 7 de setembro, Dia da Independência, servirão para “mostrar ao mundo que aqui é o Brasil, que a Amazônia é nossa”.

Bolsonaro disse que “personalidades religiosas e empresariais” devem participar do evento na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Ele citou o bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus.

Fechar Menu