Verba pública financia protestos

O Partido dos Trabalhadores ainda continua plugado nos cofres públicos e tem empregado recursos do fundo partidário, liberado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para financiar protestos da campanha pela libertação do ex-presidente Lula, atualmente presidiário cumprindo pena. A informação será revelada em detalhes em reportagem exclusiva da edição deste fim de semana da revista IstoÉ, que deve sair às bancas nesta sexta-feira.

Fechar Menu