Vandalismo no cemitério

A polícia precisa ir a fundo na investigação para descobrir e prender os autores da covarde ação praticada por verdadeiros marginais no Cemitério da Saudade, a principal necrópole da cidade e onde estão sepultado milhares de corpos, muitos deles de famílias tradicionais na cidade. Trata-se de um campo sagrado onde estão nossos entes queridos, local de respeito para com aqueles que cumpriram sua missão nesta vida terrena.

Um ato puramente de vandalismo, uma vez que nada foi furtado e onde diversas sepulturas foram violadas pelo simples prazer de praticar a crueldade, fazendo com que as famílias das sepulturas atingidas sofram ainda mais do que já sofreram com a perda dos seus familiares.

E’ preciso prender os autores desta agressão ao campo santo e suas fotos devem ser publicadas com destaque nos veículos de comunicação para que todos conheçam as identidades desses bandidos.

Pouco a comemorar

Ontem, o Dia Mundial do Meio Ambiente foi comemorado com muitas mensagens de saudação elogiando as nossas belezas naturais, o programa de coleta seletiva, reciclagem e tudo mais. Infelizmente a festa não pode ser completa, mais uma vez, porque a inauguração da Estação de Tratamento do Córrego D’antas não ficou pronta dentro do último prazo agendado que era o primeiro semestre deste ano.

A previsão para que a ETE-1, que vai tratar o esgoto coletado em 70% da área urbana, segundo informação do diretor do DMAE, Antonio Roberto de Menezes, no programa “Poços em Debate”, agora é para o primeiro trimestre de 2020, último ano desta administração.

Até lá, assim como acontece há décadas, continuaremos despejando todo esse esgoto in naturanas águas do Rio Lambari, poluindo rios e represas de municípios vizinhos no interior paulista.

Para uma cidade que por estar situada em um plano mais elevado e por essa condição, não recebe um litro sequer de esgoto de outras cidades, o fato continua sendo uma vergonha.

Por isso não dá para concordar com a propaganda da prefeitura que exalta o Dia do Meio Ambiente, afirmando que por aqui cuidamos todo dia com carinho do meio ambiente. Quem sabe no ano que vem, véspera de mais uma campanha eleitoral, possamos finalmente festejar, de verdade, o Dia Mundial do Meio Ambiente, com dignidade e respeito.

Novo chefe

E por falar no DMAE, o engenheiro Luiz Renê Ballerini, servidor de carreira, é o novo Supervisor da Seção de Controle e Operações da autarquia municipal. Portaria nesse sentido foi publicado esta semana no diário oficial do município.

Fechar Menu