Vale sabia do risco em barragem

Funcionários da Vale e de uma empresa responsável pela segurança da barragem em Brumadinho (MG) trocaram e-mails, dois dias antes do rompimento, sobre problemas nos medidores de água e pressão da estrutura. Em depoimento à Polícia Federal, o engenheiro Makoto Namba, da empresa alemã TÜV SÜD, que fez o laudo sobre a estabilidade da barragem, afirmou que, se tivesse filho trabalhando no local, mandaria que saísse imediatamente, ao saber das falhas relatadas nos e-mails, dos quais só tomou conhecimento após a tragédia, que já deixou ao menos 150 mortos. (O Globo).

Fechar Menu