A Câmara aprovou, em primeira discussão, o projeto de lei que declara de utilidade pública a Associação de Ciclistas de Poços de Caldas – ACPC. A matéria é de autoria do vereador Wellington Guimarães (DEM), o Paulista, e volta ao Plenário na próxima terça-feira (06) para segunda votação.

A Associação de Ciclistas é uma instituição civil sem fins lucrativos, que tem como objetivo principal a prática, estímulo e o desenvolvimento do ciclismo em Poços. Na proposta apresentada, o vereador enfatiza que a prática desse esporte, além dos inúmeros benefícios à saúde, é fundamental para a mobilidade urbana e suste

Paulista ressalta, ainda, que a utilidade pública proporciona uma avanço nas ações desenvolvidas pela entidade. “Um avanço, inclusive, para os ciclistas de toda a cidade, em função da atuação da Associação nos eventos e nos projetos sociais e pela representatividade que tem junto aos atletas. Estou feliz em poder participar desse projeto e, desde já, agradeço os vereadores pelo apoio, já que em breve será possível dar essa credibilidade à associação nas propostas futuras de interesse do município”, afirma.

No projeto de lei, o legislador cita diversas ações realizadas pela ACPC em Poços, entre elas: solicitações ao Executivo para melhoria permanente da mobilidade urbana; evento do Dia Mundial Sem Carro; arrecadação e doações de alimentos pra instituições filantrópicas; campanha de educação no trânsito; ações junto ao DEER para solicitação de segurança nas vias públicas; campanhas junto às transportadoras solicitando mais atenção e segurança aos ciclistas; instalação de 100 placas de preservação do meio ambiente em um raio de 50km, nas trilhas utilizadas pelos ciclistas; apoio a diversos passeios realizados por grupos de ciclismo; concurso de fotografia “Minha Bike, Minha Poços”; distribuição de sementes frutíferas para serem espalhadas nas trilhas, em parceria com a instituição “Sementes ao Vento”.

Paulista lembra que várias cidades de todo o mundo investem em infraestrutura e em segurança para que as pessoas optem pela bicicleta, em detrimento de automóveis, como meio de transporte no cotidiano. “Espero que, cada vez mais, Poços implemente projetos visando à melhoria da mobilidade urbana”, finaliza.