Tudo pode acontecer

Não será nenhuma surpresa se o ex-prefeito Eloisio Lourenço surgir como candidato a prefeito na eleição de 2020. Agora com as contas aprovadas, o petista está confiante que também será absolvido no processo que responde em segunda instância pela contratação, sem licitação, de um escritório de engenharia. Aliado ao fato de que a administração tucana não tem boa aprovação, Eloisio pode acabar cedendo inclusive a pressão do partido para concorrer, ajudando a manter na Câmara a representação com dois vereadores.

O fato de ter obtido uma votação decepcionante em Poços, na sua tentativa de se eleger deputado estadual já foi superado e agora, segundo ele, é olhar para a frente. Caso decida pela candidatura, pode até ganhar a adesão do também ex-prefeito Geraldo Thadeu que vem dando mostras de que ainda não pendurou as chuteiras.

Enquanto isso, pelos lados da situação, segundo uma fonte que sabe das coisas, o comando do PSDB estaria guardando uma carta na manga para manter o poder. Caso as pesquisas indiquem risco para a candidatura do prefeito Sérgio, não está descartado o lançamento de uma dupla que uniria juventude com experiência: Cícero Machado e Thiago Biagioni, dois elementos da equipe que não estão desgastados e que gozam de boa aceitação junto ao eleitorado.

Neste caso os tucanos continuariam com o poder, preservando o atual prefeito para uma possível candidatura a deputado em 2022. Como dizem os antigos, em política, nada é impossível.

Fechar Menu