Transporte clandestino

No mesmo programa foi perguntado ao secretário como fica a atuação do transporte por aplicativo que está crescendo cada dia mais na cidade. Segundo ele, hoje existe mais de 70 motoristas fazendo transporte de passageiros através desses aplicativos.

O trabalho é legal, explicou o secretário, porque existe lei federal e uma lei estadual autorizando este tipo de transporte em todo o estado, mas falta o município regulamentá-lo. Como a lei praticamente disciplina quase tudo neste tipo de serviço, não há muita coisa que o município possa acrescentar.

Na reunião de ontem na Câmara Municipal, um requerimento de autoria do vereador Pedrinho da Zona Sul, onde ele solicita do executivo informações sobre o transporte clandestino de passageiros levantou um fato que envolve um ex-policial que faz esse tipo de transporte e que normalmente permanece estacionado na Av. Francisco Salles, próximo ao Supermercado Fonseca.

Segundo informou o vereador Antonio Carlos Pereira, isso anda gerando conflito com os motoristas de um ponto de táxi nas proximidades e o assunto já foi até motivo de reportagem na TV Poços. A denúncia é de que o tal motorista e outro companheiro além de não pagar a zona azul, às vezes estacionam em local destinado aos idosos.

O autor do requerimento e o seu colega Paulo Eustáquio aproveitaram para denunciar motoristas de aplicativo que fazem corrida e depois entregam ao passageiro cartão pessoal para fazer outras corridas fora do aplicativo, o que configura transporte clandestino.

Fechar Menu