Atendendo convocação, o ex-prefeito e atual diretor do DMAE, Paulinho Couro Minas, compareceu ontem na reunião da CPI para prestar esclarecimentos referentes a pagamento de férias a prefeitos municipais, vice-prefeitos e demais agentes políticos. Paulinho contou que se dedicou totalmente a política e após deixar o cargo, quando terminou seu mandato como prefeito em 2012, mesmo tendo um bom currículo, passou por momentos difíceis.

“Não fiz da vida pública uma profissão e nem fiz do meu ganho, enquanto homem público, reserva de capital para sobrevivência. Sempre o que eu ganhei foi para o meu sustento e da minha família e, consequentemente, quando sai, estava literalmente desempregado”, lembrou. Segundo ele, neste período trabalhou vendendo semijóias e junto com sua esposa colocou cadeiras de massagem em shopping, que geravam recursos para a sobrevivência da sua família.