Temer denunciado por obras da Eletronuclear

A força tarefa da Operação ‘Lava Jato’ do Ministério Público Federal em São Paulo denunciou nesta terça-feira o ex-presidente da República Michel Temer pelo crime de lavagem de dinheiro. De acordo com a denúncia, o ex-presidente utilizou dinheiro de corrupção e de desvios da obra da Usina de Angra 3, em Angra dos Reis, para pagar a reforma na residência de sua filha, Maristela Temer, no valor de R$ 1,6 milhão. A obra ocorreu de 2013 a 2015. (EM)

Fechar Menu