Suspenso aumento real do mínimo

O governo de Jair Bolsonaro propôs ontem ao Congresso que o salário mínimo seja corrigido apenas pela inflação em 2020. Na prática, suspende a política que permitia ganhos reais aos trabalhadores, implementada na gestão FHC (PSDB) e em vigor até este ano. Pelo texto enviado ao Legislativo, o piso será de R$ 1.040 a partir de janeiro, com base na estimativa de 4,2% para a variação do aumento de preços. (Folha)

Fechar Menu