Superintendente da PF no Rio é exonerado

Personagem da crise envolvendo o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Justiça, Sergio Moro, o superintendente da Polícia Federal no Rio de Janeiro, Ricardo Saadi, foi exonerado nesta sexta-feira. Sua saída do cargo foi publicada no Diário Oficial da União em portaria assinada pelo secretário-executivo da pasta, Luiz Pontel.

Fechar Menu