O vereador Lucas Arruda (Rede) se reuniu, na última semana, com o secretário de Saúde Carlos Mosconi, a secretária-adjunta Rosilene Faria e o coordenador de Suprimentos Fabrício Oliveira, a fim de discutir algumas demandas em relação ao tratamento da Covid-19 em Poços. Autor de um requerimento sobre o assunto, o parlamentar aproveitou a oportunidade para propor sugestões de melhorias e esclarecer dúvidas a respeito de outras questões da saúde, como por exemplo a falta de insumos básicos em postos e unidades básicas de saúde.

Segundo Lucas Arruda, a existência de um protocolo para atendimento nos hospitais da cidade e a realização de testes rápidos foram assuntos abordados. “A Secretaria me explicou que fica a critério do médico a questão dos testes. Quando ele entende que os sintomas estão bem característicos, já pode pedir esse teste mais rápido. Existe, ainda, o agendamento depois de dez dias, porque há uma série de testes diferentes e, dependendo do dia que a pessoa foi contaminada, esse teste pode dar um falso negativo e existir uma sensação de tranquilidade nos pacientes. Então, mesmo essas pessoas que têm o teste marcado para alguns dias, ela já recebe um atestado para isolamento no momento da procura pelo médico”, ressalta.