STF solta ex-presidente da Petrobrás

Por 3 votos a 2, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) mandou soltar nesta terça-feira o ex-presidente da Petrobras Aldemir Bendine, preso preventivamente desde julho de 2017 pela Operação Lava-Jato.

Em março do ano passado, o então juiz federal Sergio Moro condenou Bendine a 11 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Ele é acusado de receber, em 2015, R$ 3 milhões da Odebrecht em supostas propinas. (EM)

Fechar Menu