STF decide criminalizar a homofobia

Por 8 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu criminalizar atos de homofobia, equiparando sua prática à do racismo, com punição de um a três anos de prisão. Os ministros fizeram ressalvas quanto a manifestações de opinião de religiosos, desde que não incitem a discriminação. (Globo)

Fechar Menu