Sindicato ataca Gilmar Mendes

Nesta fase de cabo de guerra entre o ministro Gilmar Mendes e auditores da Receita Federal, o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco) publicou uma nota de repúdio ao magistrado nesta terça, após sua reação virulenta pelo fato de auditores da Receita terem investigado preliminarmente Gilmar por suspeita de irregularidades.

“Ao contrário do que insinuou Gilmar Mendes – sem apresentar, aliás, a mais ínfima prova – não se trata de um “bando” ou “milícia institucional” destinada a perseguir e “achacar” alvos selecionados por suas predileções ideológicas ou por seu posicionamento crítico à Lava Jato”, escreveu o sindicato.

O presidente Jair Bolsonaro conversou nesta terça-feira, 26, com o ministro Gilmar Mendes pelo telefone sobre o vazamento de investigação com citações a agentes públicos por parte da Receita Federal.  O Estado apurou que o presidente disse que estava preocupado com o ocorrido e pediu ao ministro sugestões de medidas para solucionar a crise.

Fechar Menu