Servidores protestam contra Zema

Cerca de 2 mil policiais civis e militares, agentes penitenciários e sócioeducativos fazem um protesto nesta sexta-feira contra o parcelamento dos salários, o pagamento do 13º salário do ano passado em 11 meses, e pela retomada dos repasses ao Instituto de Previdência dos Servidores Militares (IPSM). Os manifestantes estiveram na Praça da Estação no início da tarde e seguiram em ônibus para a Cidade Administrativa, sede do governo mineiro. O grupo ocupou o hall de entrada do Palácio Tiradentes. Outro grupo de 2 mil policiais, segundo os sindicatos da categoria, manifestaram na Praça Sete.

Fechar Menu