Na última terça-feira a Câmara aprovou, por unanimidade, o Projeto de Lei n. 82/2021, que institui a Semana Municipal Paralímpica. A proposta é de autoria dos vereadores Wellington Paulista (DEM) e Flávio Togni de Lima e Silva (PSDB) e segue, agora, para sanção do Poder Executivo.

Com a aprovação da matéria, a Semana Paralímpica passa a constar no Calendário Oficial de Eventos Turísticos, Culturais e Desportivos de Poços de Caldas e será comemorada anualmente, entre os dias 20 e 25 de setembro. Os objetivos da iniciativa são: promover a conscientização da importância do esporte paralímpico e da prática de esportes como instrumentos de qualidade de vida; desenvolver o mútuo respeito entre os atletas; promover campanhas, eventos educativos e esportivos, incentivando a inclusão das práticas para todos.

Eraldo Sandi dos Santos, presidente do CIDEP (Centro Integrado de Desenvolvimento do Esporte Paralímpico), acompanhou, desde o início a tramitação do Projeto de Lei. “Nós do CIDEP desenvolvemos a Semana Paralímpica já há quase dez anos em Poços e eu digo que o mês de setembro é muito festivo para o esporte da pessoa com deficiência. Isso porque temos o dia 1º de setembro, que é o dia do Profissional de Educação Física. Temos o dia 21, quando comemoramos a Luta Nacional da Pessoa com Deficiência. E temos o dia 22, que é o Dia do Atleta Paralímpico. Então, pegamos esse mês festivo e levamos para essa semana, oportunidade em que pessoas com e sem deficiência vão vivenciar as modalidades paralímpicas. A lei aprovada engrandece nosso município cada vez mais e quem ganha é a comunidade, a população de Poços, que agora possui essa lei voltada para a Semana Paralímpica. Para nós do CIDEP é um momento muito importante, momento de festejar, e parabenizo todos os vereadores que se dedicaram, batalharam pelo esporte paralímpico, e ao Executivo, que também faz parte desse processo”, declarou.