Portal de Notícias e Web Rádio – CNPJ 44.219.101/0001-23

Seguindo com a proposta de humanização do setor de Pediatria, a Santa Casa de Poços realizou uma programação especial na Semana das Crianças. Tudo começou na segunda-feira, 11, com a decoração do espaço com a ajuda da Dekora Festas e Decoração que fez a doação da decoração, e da Mari Balões que fez a doação dos  balões.

Na terça, 12, Dia das Crianças, a equipe de M&M Recreação veio até o Hospital fazer atividades como oficina de slime, balões, entre outros. Na quarta, 13, na parte da manhã, foi a vez do Capitão América fazer a alegria dos pequenos pacientes após quase dois anos afastado do Hospital por causa da pandemia. Quem também esteve na Pediatria durante o dia 13 foi o grupo Sementes do Amor, que levou presentes e roupinhas para as crianças mais carentes. Ainda na quarta, mas no período da tarde, aconteceu uma festinha para as crianças com pipoca, cachorro quente, refrigerante e sacolinha surpresa, tudo organizado com todo carinho pela equipe do Setor.

Na quinta, 14, houve atividades com as alunas do curso de medicina da Puc, que fazem parte da Liga Acadêmica de Pediatria. Elas realizaram atividades lúdicas com crianças além de trazer presentes.

Para a médica responsável pela Pediatria, Dra. Bárbara Lusvargui, a Semana da Criança da Santa Casa, com certeza, contribuiu com a recuperação das crianças internadas. “Ao longo da semana a gente teve toda essa programação que teve o objetivo de distrair as crianças, tirá-las um pouco do quarto, pensar em outras coisas, ajudando também no tratamento deles. Quero agradecer aos parceiros, pais, funcionários e médicos, todos que contribuíram de alguma forma para essa Semana da Criança que foi um grande sucesso”, diz Dra Bárbara Lusvarghi.

Capitão América

Por conta da pandemia, houve a restrição de visitas e um dos projetos mais bonitos da área de humanização do Hospital, o Capitão América, teve que ficar suspenso por quase dois anos. E na última quarta,13, Francisco Alves Júnior, mais conhecido como Chico, o Capitão América Poços-caldense pode voltar ao hospital para alegrar mais o dia dos pequenos que estavam internados.

“As visitas que eu faço aqui na Santa Casa, em especial na ala de Pediatria, é um presente que a Santa Casa da para mim, porque, desde quando comecei estas visitas aqui, elas são como um presente para a alma, que, durante mais de um ano e meio, fui impossibilitado de receber e dar este presente também. Então, foi o primeiro dia que eu fui desde o começo da pandemia e é uma emoção estar recomeçando um projeto de alma e coração, e ver as mães e as crianças se emocionando de estar recebendo todo esse carinho e atenção. É de tocar o coração. Me faltam palavras para descrever a alegria e satisfação que é estar voltando aqui”, conta Chico, que ficou com os olhos marejados durante quase toda a visita.

“Como Capitão América eu faço esse trabalho social há 2 anos, começou em 2019. Mas, antes mesmo disso, eu fazia recreação em hotéis, mas não com personagens, como “tio Chico” mesmo. E quando eu comecei a fazer cosplay, que o Capitão América veio, eu decidi começar esse projeto em Poços de Caldas para levar esse personagem que toca meu coração, em que eu sempre me identifiquei muito, para as crianças, mostrar a força que ele tem. E a Santa Casa me abriu as portas desde o início e só tenho que agradecer a esse presente que não é só deles, é meu também”, completa o herói.

Sementes do amor    

O pessoal do Projeto Semente do Amor, há cerca de um ano, realiza um belo trabalho na Santa Casa, entregando kits que contém máscara, álcool em gel, um bombom e uma mensagem de carinho. E nesse mês de outubro eles se mobilizaram para fazer algo para as crianças da Pediatria.  Eles conseguiram bastante doações, montando mais de 500 saquinhos surpresa de doces, além de muitos brinquedos.

“Doamos brinquedos em uma escola pública e para a Santa Casa, onde foi um prazer presentear essas crianças e receber os sorrisos que a gente recebeu. Valeu a pena correr atrás, valeu a pena ver o sorriso de cada criança que recebeu esse brinquedo. Também fizemos doação na zona rural, fechando essa campanha de outubro. Nós tentamos tirar o máximo de sorrisos das pessoas, levar um pouco de alegria, um pouco de conforto, nem que for só com uma palavra, com um sorriso. Se cada um fizer um pedacinho a gente consegue mudar um pouquinho o mundo”, diz a fundadora do projeto Semente do Amor, Aline Stephany Barbosa Souza.

Atividades Lúdicas

Fechando uma semana muito intensa, na quinta-feira foi a vez das alunas de Medicina da Puc Poços de Caldas, que fazem parte da Liga Acadêmica de Pediatria, realizarem atividades com as crianças durante todo o dia. Foi feita entrega de kits de recém nascidos para as mães, foram feitas brincadeiras, brincadeiras com massinhas e contação de histórias, danças, entrega de máscaras e óculos, desfile de fantasia e entrega de lembrancinhas.

“Somos  alunas da Medicina e fazemos estágio na Liga de Pediatria. Eu estava conversando com a Dra. Bárbara, que é aqui da Pediatria, e ela nos contou que na Semana da Criança iria ter alguns eventos acontecendo. E como a gente é um conjunto de alunas,  queríamos muito participar também. Nós gostamos de ficar perto das crianças e promover essas ações. Aí quando ela falou que ia ter essa oportunidade topamos na hora, porque é uma oportunidade da gente estar perto delas para elas desenvolverem o brincar. Foi por isso que a gente desenvolveu todo esse projeto”, conta Bruna Mariana Costa Rezende, aluna do 6º período de medicina da Puc.  (Rafael Santos)