Sem bate boca

Paulo Tadeu desmentiu que tenha batido boca com a sua colega de Câmara e de partido, Maria Cecilia Opipari (Ciça), na sessão de terça-feira. Encaminhou mensagem eletrônica para o blog desmentindo que seja populista no sentido pejorativo. “Nunca fui”, disse“Discordei, mas respeitei, a opinião da Ciça. Não foi a primeira nem será a última vez, mentira que batemos boca”.

Sobre o projeto em discussão afirmou que “objetivamente estivemos diante da escolha de Sofia – ou abrigar as legítimas aspirações dos agentes de saúde e de endemias ou nos rendermos a inexplicável e assustadora incompetência desta que já se afirma como a mais fraca e confusa gestão da história de nossa cidade”.

Foi mais longe na crítica dizendo que “se houver espaço para um monumento da incapacidade de gestão, o Flávio e o Sergio estarão abraçados, inertes como pedras, confusos como letrinhas de macarrão espalhados na sopa sem rumo. O projeto é de uma indigência técnica e intelectual assustadora. Meninas e meninas do ensino fundamental fariam melhor”, completou.

 

Capina química

Sobre o projeto que acaba com o uso de herbicidas pela secretaria de serviços públicos, o vereador e líder da situação, Antonio Carlos Pereira, deve apresentar requerimento na reunião da próxima terça-feira sugerindo a realização de uma audiência pública para tratar do assunto.

Como o projeto de autoria do vereador Paulo Tadeu, propondo o fim do uso de herbicidas foi retirado de pauta pelo fato de o autor não concordar que a proibição seja feita de forma escalonada, ele disse ontem, durante entrevista, que irá recorrer ao Ministério Público para fazer valer sua proposta.

Já o secretário Thiago Biagioni, titular da secretaria, afirmou que é amplamente favorável ao fim da capina química e mesmo sem aprovação da lei, depois de conversar com o prefeito Sérgio Azevedo, que tem a mesma opinião, vai seguir o cronograma proposto na emenda que o vereador autor do projeto recusou, reduzindo neste primeiro ano em 50% o uso de herbicidas e no segundo ano nenhum produto deste tipo será mais utilizado para este tipo de serviço feito pela sua secretaria.

 

Apenas fundo…

Até que a pintura em cinza nos detalhes do prédio da prefeitura alterou para melhor o seu visual. Mas era apenas um fundo, já passaram o amarelo por cima para não descaracterizar a casa amarela, tão a gosto da administração petista. Perderam uma boa oportunidade para melhorar não só o visual do prédio como para afastar a urucubaca que ronda a administração.

Fechar Menu