Atendendo convite formulado pelo vereador Marcelo Heitor, o secretário de Planejamento, Antonio Carlos Alvisi e a secretária adjunta Cibele Benjamin participaram da sessão ordinária ontem para falar sobre o Plano Diretor. A proposta de revisão do Plano Diretor, de acordo com o secretário, foi encaminhada a Câmara em 2019, foi motivo de audiência pública e devolvida ao Executivo no início de 2020. Retornou a Câmara no terceiro trimestre do ano passado com as questões levantadas naquela ocasião e ao seu ver, devidamente equacionadas e prontas para serem colocadas em votação.

Segundo o secretário, infelizmente a proposta aportou à Câmara em ano de eleição, o que dificultou bastante o debate, desprovido das paixões setoriais, prejudicado pela disputa eleitoral. Ele entende que isso prejudicou bastante o prosseguimento da proposta na ocasião.

“Temos que comemorar que desta feita tal situação não deve interferir nos trabalhos. Essa discussão que se alonga demasiadamente, com prejuízos inevitáveis a economia local, bem como nos privando da segurança necessária para o desenvolvimento urbano harmônico e esperado por toda a população”, declarouAlvisi.

Afirmou ainda que a proposta de revisão do Plano Diretor foi construída com muito esforço pela equipe da secretaria, que levou em consideração as propostas de revisão iniciadas em 2011, retomadas em 2016 e na proposta atual, cujos estudos tiveram início em meados de 2017, sendo finalizados em 2019, quando foi enviado à Câmara. A proposta, segundo Alvisi, traz uma expectativa de melhor aproveitamento da infraestrutura disponível.