Portal de Notícias e Web Rádio – CNPJ 44.219.101/0001-23

O secretário de Defesa Social, Rafael Tadeu Conde Maria, informou ontem que desde meados de junho deste ano o Departamento Municipal de Trânsito mudou a forma de entregar as correspondências, notificações, tanto de autuação quanto de penalidade no setor de trânsito. Desde então a entrega era feita como ocorre com 90% dos órgãos de trânsito.

“Nós optamos pela correspondência simples das notificações e a publicação é feita de todas autuações e não mais para aquelas pessoas que não foram encontradas. Estamos seguindo a deliberação do Conselho Estadual de Trânsito de Minas Gerais e todos os endereços em que a pessoa tem o carro cadastrado no Detran de Minas, quando você envia a correspondência o carteiro deixa na caixa do Correio e o Departamento de Trânsito publica absolutamente todas as notificações e não só daqueles que não foram encontrados”, explicou o secretário.

Segundo ele, além de facilitar o recebimento das pessoas, que têm suas correspondências deixadas nas caixas dos correios, e que se queixavam de não as ter recebido teremos também a publicação. “Isso vai facilitar porque a pessoa ao chegar em casa pode encontrar a notificação e ainda teremos uma redução significativa dos custos dessa entrega. Existe, então, uma questão financeira, porque o custo cai de aproximadamente R$ 8,00 por entrega para quase R$ 3,00”, justificou Rafael,acrescentando que pela deliberação os órgãos de trânsito também não podem fazer a publicação só de 15 em 15 dias, terão que ser dos últimos 6 meses e, às vezes, até 1 ano.