Salvo conduto

Com o aval de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, o Congresso deve votar esta semana, próxima semana, sem passar pelas comissões, uma espécie de salvo-conduto a prefeitos que não extinguiram os lixões antes de 2014, como determinava a Política Nacional de Resíduos Sólidos. O Brasil tem hoje cerca de 3 mil vazadouros ilegais. Se o projeto for aprovado, esse número pode aumentar. “Será um desastre para o setor de saneamento”, diz Fernando Barreto, presidente da Associação Brasileira dos Membros do Ministério Público de Meio Ambiente. A prefeitura de Poços é uma das que ainda não deu solução para o problema.

Fechar Menu