Nesta quarta-feira (29), o vereador DineyLenon (PT) se reuniu com o comandante do 29º Batalhão de Polícia Militar, tenente coronel Jardel Trajano de Oliveira Gomes, e com a diretora do Colégio Municipal Dr. José Vargas de Souza Ângela Maria de Castro Borba. O objetivo foi tratar questões envolvendo a segurança na porta das escolas. Também estiveram presentes no encontro representantes da Secretaria Municipal de Educação e pais de alunos.

Segundo o vereador, a necessidade de ações efetivas para segurança dos alunos foi uma demanda apresentada pelas famílias, tendo em vista a ocorrência de alguns casos de violência, na última semana. “O comandante se prontificou a ouvir pais e mães de estudantes, conversamos sobre as estratégias que serão adotadas e sobre o apoio da PM. Foi falado também sobre a participação da Guarda Municipal nas medidas de segurança na porta das escolas. Foi uma reunião muio positiva, pois tivemos o compromisso do comandante em continuar o trabalho e empenho para garantir a segurança das nossas crianças e dos adolescentes na saída das unidades de ensino”, declarou Diney .

Para o legislador, esse contato entre população e poder público é fundamental para que se chegue a uma solução. “Mais uma vez, fizemos essa articulação entre a comunidade, no caso a escola e os pais, e os órgãos responsáveis. É importante que exista o dialogo de medidas que podem ser adotadas. Durante a reunião, abordamos também problemas pontuais que precisam de resolução”, disse.

A diretora Ângela Maria de Castro afirmou que esta é uma situação que preocupa toda a comunidade escolar. “A reunião foi ótima, a gente se sente mais segura sabendo que outras pessoas estão dividindo o problema conosco aqui no Colégio. Fiquei muito satisfeita e espero que consigamos dar outro rumo para essa situação de violência e agressividade de adolescentes infratores que estão perambulando pela rua durante o horário de aula e esperam os alunos saírem da escola para agredi-los e cometer atos de violência. Então, contar com o apoio da Secretaria de Educação, da PM, da GM, dos pais dos alunos é muito importante para a escola. A direção sozinha não consegue nada. Precisamos dividir o problema e somar forças para chegarmos a um resultado satisfatório para todos”, destacou.