Portal de Notícias e Web Rádio – CNPJ 44.219.101/0001-23

Poucos foram os alunos da rede municipal que retornaram as aulas presenciais ontem. O presidente do Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais, Ercyval de Oliveira, disse que na rede particular vai acontecer o mesmo e que neste primeiro momento as pessoas ainda estão muito divididas, avaliando se mandam ou não os filhos para as escolas, analisando como vai ser este retorno.

“Este retorno está sendo devagar, gradual, a cada 14 dias se coloca uma nova turma. Desta forma dá para se avaliar se está tendo algum tipo de surto e você consegue controlar muito bem isto”, afirmou.  Ercyval disse que a Prefeitura vai monitorar, a Vigilância Sanitária vai fiscalizar as escolas, o protocolo é muito rígido.

“O protocolo prevê a demarcação nas salas de aulas, o descarte de máscaras, a substituição de máscaras, medição de temperatura, álcool em gel em todas entradas de salas, cartazes explicativos, escalonamento do horário de entrada e de saída para evitar aglomerações”, informou Ercyval.