O vereador DineyLenon comunicou que recebeu informações de que membros do governo estariam pleiteando o retorno das aulas presenciais, através do sistema híbrido, e já anunciando que o pleito é para o início de junho para que no mês de agosto já tenha retornado completamente. “A minha preocupação e acredito que a preocupação de todas as pessoas sensatas é como podemos pleitear algo, o retorno das aulas presenciais, em um formato diferente, mas presencial, diante do quadro que temos?”, questionou.

Ele lembrou que na quarta-feira foi batido o recorde de número de casos de covid em 24 horas, quando foram registrados 154 novos casos, e que na terça feira foram contabilizados 147 casos. “Em dois dias Poços de Caldas registrou mais de 300 casos de covid, diante de uma variante que tem preocupado especialistas, sanitaristas e o pessoal da saúde”, disse o vereador.

Informou ainda que os trabalhadores da saúde estão exaustos, no seu limite, que a ocupação de leitos supera 100% e que leitos não covid estão sendo adaptados para atender a população. Que a região não está diferente, sendo que as maiores cidades do Sul de Minas não têm encontrado vagas para atender seus pacientes. Diney pediu a mobilização dos profissionais da educação, que se atentem e cobrem os políticos do município para evitar o retorno às aulas.