Portal de Notícias e Web Rádio 

Com previsão inicial de retirada de 70 toneladas de aguapés da Represa Bortolan, esse número aumentou assustadoramente para 500 toneladas, o que levou o vereador Lucas Arruda a questionar o executivo sobre as projeções e o motivo da alteração substancial.

A Secretaria de Meio Ambiente justificou que o valor foi baseado única e exclusivamente a partir de relatos da operação anterior, realizada em 2021.

“Naquele período não foi realizado controle quantitativo do material retirado, induzindo a diferença substancial entre projeção estimada para este ano e quantidade realmente retirada”, explicou.

Ainda de acordo com a secretaria, a remoção do material em 2021 se limitou apenas ao espelho d’água existente entre a barragem até as proximidades do Clube Praia do Sol,

“Sabe-se que a maior parte está presa no entorno da Ponte da CBA. Dentro deste contexto, houve, também, o desprendimento de fragmentos deste material vegetal, aumentando a quantidade a ser retirada”, informou.