Reação demorada

Dentre auxiliares ligados à comunicação da Presidência, a avaliação de bastidores foi que a reação do presidente Jair Bolsonaro ao ataque a tiros que deixou dez mortos nesta quarta-feira em uma escola de Suzano, na Grande São Paulo, demorou demais para acontecer. A tragédia ocorreu por volta das 9h. Mais de seis horas depois, às 15h21, a Secretaria de Comunicação Social divulgou nota classificando o crime como “grande tragédia” e “desumana ação”. Apenas às 15h59 ele usou suas redes sociais para prestar condolências aos familiares das vítimas.

Fechar Menu