A Câmara de Poços aprovou, na tarde desta terça-feira, uma Moção de Apelo solicitando ao chefe do Executivo a reabertura para cadastramento no Auxílio Emergencial Desemprego. A proposição é de autoria dos vereadores Tiago Braz (Rede), Lucas Arruda (Rede) e DineyLenon (PT).

Segundo os parlamentares, muitas pessoas alegam se enquadrar nas exigências do Programa Recupera Poços, no entanto, devido ao curto período de tempo para inscrição no Auxílio Emergencial, não conseguiram realizar o cadastro. “A intenção dessa Moção de Apelo é cobrar um novo prazo, porque temos demandas de pessoas que não conseguiram se cadastrar, visto que foi apenas uma semana. Entendemos que é preciso dar uma nova oportunidade àqueles que estão passando por dificuldades, para que possam arcar com suas despesas mensais. Com a vacinação avançando e os números de internações caindo, a expectativa é que as pessoas, aos poucos, consigam se realocar no mercado de trabalho. O auxílio, nesse momento, será muito importante”, afirma Tiago Braz.

No documento aprovado pelo Legislativo, os vereadores apontam que a intenção do Programa é atender cerca de cinco mil pessoas, conforme consta no estudo de impacto financeiro da lei que instituiu o Recupera Poços. No entanto, segundo os legisladores, as inscrições realizadas compreendem pouco mais da metade desse número, conforme informações divulgadas. “Nesse sentido, apelamos para que o prazo seja reaberto, pois entendemos que o tempo foi curto e o programa não foi atendido em sua totalidade”, finalizam.