“Racha” no PSL?

O “cisma” do PSL, provocado pela ida de parlamentares do partido à China, pode aumentar. O Painel da Folha deste domingo revela que uma ala mais “ideológica” do partido, capitaneada pelo deputado Eduardo Bolsonaro, cogita deixar a sigla a longo e médio prazo, deixando o PSL para o grupo visto como “menos preparado”. Essa ala é formada principalmente por políticos mais próximos do “guru” Olavo de Carvalho, que bateu sem dó nos congressistas que foram para terras chinesas.

Fechar Menu