R$ 50 bilhões com vítimas do trânsito

Dados do Observatório Nacional de Segurança Viária apontam que, em todo país, aproximadamente 60% dos leitos de pronto-atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) são ocupados por vítimas do trânsito, o que gera um custo médio anual de mais de R$ 50 bilhões e é o principal motivo de afastamento no trabalho.

Para José Aurélio Ramalho, presidente do ONSV, a proposta de aumentar a pontuação para a perda da carteira irá beneficiar somente os condutores infratores, que correspondem a menos de 5% dos brasileiros.

Fechar Menu