Queda nas vendas no varejo

As vendas no varejo em Minas apresentaram a maior queda do Brasil em maio, com relação a abril. Pesquisa Mensal do Comércio do IBGE, divulgada ontem, mostra que o setor encolheu 1,5% no Estado. Com relação a maio de 2018, o recuo chegou a 3,2%. Já no acumulado do ano, a retração foi de 2,5%. Desemprego, desconfiança e inadimplência são razões apontadas para o fraco desempenho. “Vemos a expansão da informalidade, onde há menos direitos e salários menores. Isso afeta a confiança e a disposição do trabalhador para consumir. Além disso, temos o agravante da indústria extrativa mineral, com a paralisação de minas, e a grave situação fiscal do Estado, cujos servidores estão com os salários parcelados”, diz o economista-chefe da Fecomércio-MG, Guilherme Almeida.

Fechar Menu