Quatro macrorregiões de Saúde regridem

Quatro macrorregiões de Saúde regridem

Quatro macrorregiões de Saúde mineiras vão regredir para fases mais restritivas do Minas Consciente, plano elaborado para garantir a retomada gradual e segura da economia nos municípios. O anúncio foi feito durante deliberação do Comitê Extraordinário Covid-19, nesta quarta-feira, que constatou o aumento de 11% da incidência da covid-19 nos últimos 14 dias no estado.

Com a decisão, as regiões Nordeste e Leste passam para a onda vermelha – onde somente os serviços essenciais, como supermercados e farmácias, estão autorizados a funcionar. Já as regiões Leste do Sul e Sudeste retornam para a onda amarela, que permite a abertura de serviços não essenciais com menor risco de contágio, como lojas de roupas e salões de beleza.

A região do Vale do Aço permanece na onda amarela, enquanto as demais nove regiões (Triângulo do Norte, Triângulo do Sul, Sul, Oeste, Centro, Noroeste, Norte, Jequitinhonha e Centro-Sul) ficam na onda verde, fase que possibilita a abertura de serviços não essenciais com alto risco de contágio, como cinemas e bares com música ao vivo.

Fechar Menu