O vereador Silvio de Assis ao usar a tribuna da Câmara puxou a orelha dos companheiros ao afirmar que existe um Deus e que Dele não escapa nada, que vê tudo o que cada um faz. “Sabe por que eu digo isto? Quando a gente entrar em um caixão, morrer, ninguém leva nada. Discussão, ofensas, pra que isso? Eu sei que a maior parte quer o melhor, mas do nada isso aqui vira discussão”, desabafou.

Segundo ele, está acostumado a mexer com futebol, lidar com 25 homens, escalar 20, sendo que 11 jogavam, 9 ficavam no banco, 5 nem vestiam o uniforme, mas todos obedeciam e chegavam ao título. “Será que vamos virar mais 3 anos e meio desse jeito? Me perdoem, quem sou eu pra falar aqui uma coisa dessas. Eu sei que existe a política, esquerda, direita, mas não sei se precisa disso. Estamos vivendo uma pandemia e agora vem a fome, teve a geada e tenham certeza que vai faltar alimento. A união faz a força”, defendeu.