A Câmara aprovou ontem um projeto de iniciativa do vereador Lucas Arruda, implantando o Protocolo Eletrônico na saúde. Segundo o autor da proposta, trata-se de um projeto importante que chega com muitos anos de atraso.

“O ideal seria para todo o município, mas na saúde já é um grande avanço. Sobre a região sobrecarregar o nosso sistema de saúde, a partir dessa iniciativa, além de ganhos na qualidade no atendimento aos usuários do SUS, o município poderá ter um controle mais efetivo no balizamento da relação da saúde/orçamento. O constitucional é aplicar 15% do orçamento na saúde, Poços aplica em torno de 35%, mais do dobro, com esse percentual. Com a implantação do Protocolo Eletrônico, o município terá ganhos de eficiência e economia financeira. É fazer mais, gastando menos”, disse o vereador.